PESQUISAR NOME NO SITE

Pesquisa personalizada

Confira a lista dos 100 Nomes para Bebês mais registrados pelos brasileiros em 2016

Confira o ranking dos 100 Nomes para bebês mais usados no Brasil em 2016

O site BabyCenter faz essa pesquisa desde 2009 e em 2016 analisou o cadastro de 163 mil novos bebês registrados no Brasil. 

Miguel e Alice foram os preferidos pelos brasileiros em 2016. Ambos os nomes já lideravam as pesquisas desde 2015.

Curiosidades sobre os nossos "nomes"


Nomes, na grande maioria das culturas, não são da escolha do filho, mas dos pais. A atribuição de um nome ao recém-nascido tornou-se obrigatória por força das legislações que regulam os direitos do nascituro.

Mas, se por um lado não podemos escolher nosso próprio nome, por outro temos esperança de mudá-lo, se não for de nosso gosto?
Em alguns casos, sim. Na legislação brasileira é possível a troca do nome de batismo ( http://pt.wikipedia.org/wiki/Nome_de_batismo ) quando "expõe a pessoa a ridículo ou vexame" ( DireitoNet) e deve ser pedida na Justiça ( veja como ).
Mas, o que a Bíblia Sagrada diz sobre o assunto?
A questão dos nomes é abordada em vários trechos da Bíblia. No costume dos povos antigos, todo nome têm seu significado. No Brasil, a maioria dos nomes é "importada" de outros países e, muitas vezes, não sabemos o que o nosso nome pode significar. Por exemplo, Bruno, na língua nativa -o latim-, é "marrom ou escuro". Veja outros nomes como João - "Deus é bondoso"- ou Ana, que é "cheia de graça".
Por isso é importante conhecermos um pouco mais sobre o sentido dos nomes antes de atribuí-lo a nossos filhos.
Na Bíblia a atribuição do nome estava relacionada à expectativa dos pais, a algum fato ocorrido durante a gravidez, ao momento do parto, ou à esperança que ele representava.
Raramente um nome foi indicado ou mudado por Deus.
Um deles é o patriarca de Israel, Jacó. Após lutar com o anjo, recebeu de Deus a bênção que buscava e ganhou também um novo nome: Israel, que traduzido é "aquele que lutou com Deus e prevaleceu" ou "vencedor". Para Jacó foi ótimo, já que seu nome de batismo significava "usurpador". A mudança de Jacó para Israel foi o mesmo que de usurpador para vencedor.
Como vemos, mudança de nomes na Bíblia tem um sentido muito profundo.Tão importante é que a Deus se reserva o direito de mudá-lo. Sim, isso mesmo. Veja: "Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer darei eu a comer do maná escondido, e dar-lhe-ei uma pedra branca, e na pedra um novo nome escrito, o qual ninguém conhece senão aquele que o recebe." (Apocalipse 2:17 ).
Venha para Jesus Cristo. Ele mudará sua história e lhe dará um novo nome. Nome digno de um filho de Deus.
Ocorreu um erro neste gadget

Informação e Serviço